segunda-feira, 7 de março de 2016

Faz tu mesmo # é uma base portuguesa concerteza

Estou tanto de entusiasmada, como de angustiada. Isto da falta de tempo, para fazer as coisas que verdadeiramente me fazem feliz, começa-me a afectar o mau  humor , mas pior o Amor. Ando mesmo irritadiça, refilona, deprimida, saturada e sobretudo preocupada, com a forma como ando a viver esta Vida, que merecia tanto, tanto mais.  Dói ainda mais, quando a maiúscula ( não sei se inconscientemente- ela diz que vê o futuro- me do) me começa a pedir para ser eu a ensinar-lhe as coisas, cá em casa. Mas que ela me percebe e sente, já eu percebi. E é delas e por elas que vou pensado e fazendo, estes  fugazes instantes, que me vão dando fôlegos de sonhos e de esperança . Se ela está a dar os poliédros, então que se reinventem formas de os ver. Este é portanto um projecto simples, lúdico e que resulta em objectos lindos, práticos e tão nossos. A cortiça e os padrões dos azulejos que afinal: Oh mãe, mas isso são cubos!!  <3 

materiais:
tinta acrílica + pincéis
Placas de cortiça 
x-acto + base para cortar + régua
fita
verniz/selante mate transparente (para garantir melhor acabamento, se necessário)

processo:
 
Modéstia à parte, mas acho uma ideia brilhante, que pode ser usada tanto individualmente, como bases para copos e chávenas quentes, mas também em grupo, criando o tal padrão , para travessas quentes ou bules, por exemplo. Isto foi só um começo, que a ideia é fazermos uns quantos mais. Já pensaram que este é um bonito e barato presente que todos conseguem e podem fazer, para ter ou até oferecer ? (é mesmo por isso que nunca conseguirei viver disto...) Por falar nisso, tenho um giveaway deslumbrante para fazer em breve....me aguardem !

1 comentário:

  1. Pois obrigada! vou guardar esta "obra de arte" e tentar fazer também:)

    ResponderEliminar